Postagem em destaque

PACIENTES DENUNCIAM A FALTA DE SERINGAS E DIPIRONA NO HOSPITAL MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DE RIBAMAR


Foi divulgado em vários grupos de Whatsapp na noite do último domingo,02, um áudio onde uma mulher relatou a falta de seringa no Hospital Municipal da cidade de São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís, onde a mesma teve que comprar na farmácia uma seringa para medicar o seu filho que estava com febre de 40 graus, logo em seguida a notícia foi se espalhando e surgindo novos relatos através das redes sociais.

Logo após a veiculação das denúncias, o hospital se manifestou através de um vídeo gravado por uma enfermeira, onde a mesma chamou de Fake News (Notícias Falsas) e garantiu o estoque dos medicamentos e seringas, só lembrando que não é de hoje em que denúncias e reclamações envolvendo o único Hospital Municipal de São José de Ribamar é registrado, no mês de abriu, vereadores denunciaram na tribuna da casa legislativa, a falta de medicamentos e seringas, na ocasião, o Vereador Nonato Lima com a aprovação dos demais parlamentares, enviou um requerimento para a senhora Fabíola responsável pela Unir Saúde, empresa que administra o equipamento público, convocando ir até a Câmara Municipal dar explicações sobre denúncias, só que nada disso aconteceu.

Agora cabe os responsáveis pela pasta investigar o caso e tomar medidas cabíveis.



4 comentários:

  1. É verdade mesmo sobre tudo que essa mulher denunciou. Eu tb fui ao hospital com minha mae de 72 anos que estava mal. E só deram um soro e precisou fazer uns exames com urgencia disseram que não estavam fazendo nenhum tipo de exame. E a enfermeira tb me disse que estava falrando medicação, e outras coisas. Entao minha mãe teve que ser transferida para o socorrão 2. Eu inclusivo fiquei ainda com as requisições dos exames onde pede com urgencia.
    E nada tem de urgencia no hospital de Ribamar, pq ate pra ser atendida demora além de não ter medicação. Os relatos são verdades eu sou testimunha.

    ResponderExcluir
  2. Com certeza essa enfermeira deu essa entrevista pra não ser demitida.
    Isso é uma vergonha um hospital tão grande e nós temos que sair do nosso municipio pra ser atendida em outro hospital de são luis por falta de recursos no nosso municipio.
    Até o medico do socorrão 2 se admirou qd minha mãe chegou e eu disse que ela estava sendo transferida por que no hospital de Ribamar não estava fazendo exames.

    ResponderExcluir
  3. Que falta de vergonha prefeito, se no Hospital está assim imagine nas outras dependências!!

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus não creio nisso, onde já se Vou, uma das terceira maior cidade do estado do Maranhão passar por situação como Essa!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentario: