Na foto: o prefeito Nilson do Cassó e seu filho presidente da Câmara Municipal de Vereadores Márcio Araújo 


Enquanto o mundo vive momentos de pânico e perdas de pessoas por causa da pandemia da Covid-19, em Primeira Cruz, o município vive o seu pior momento da história de uma administração pública, sob o comando do prefeito Nilson do Cassó, a cidade tem passado por dias ruins, o que mas se ver pelas ruas são pessoas insatisfeitas com o atual prefeito, o mesmo só tem pensado nele e nos seus filhos.


A coisa por lá tá tão seria que tem gente até passando fome, hospital sem médicos, a merenda escolar que não chega até as casas dos alunos, falta iluminação pública de qualidade e urubus espalhados por quase toda a cidade por falta de limpeza, pois a cidade não possui um serviço de coleta seletiva.


Será que esse perfeitinho não cria bons modos mesmo? A cada dia fica difícil viver em uma cidade onde até o legislativo quem comanda é o filho do prefeito, Márcio Araújo Silva, fora tantos outros  escândalos que envolve até uma empresa com endereço em uma das residências do Nilson do Cassó.


O prefeito enfrenta a maior rejeição da história de Primeira Cruz e não se ver nenhum dos vereadores falando no assunto e nem mesmo denunciando os escândalos envolvendo a sua gestão, será porque?


Essas são as principais perguntas feitas pelos munícipes diariamente que certamente ficarão sem nenhuma resposta, até porque estão todos amordaçados e sem moral para reclamar absolutamente nada, só sei que a cidade vai estremecer nos próximos dias com denúncias que pode derrubar muita gente grande na cidade. Mas isso são capítulos para o próximo episódio, aguardem...

Post a Comment

Deixe aqui seu comentario: