Postagem em destaque

Depois de tentarem dá golpe em Dutra, grupos de vereadores articulam derrubar Marinho da Presidência, no tapetão


A eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Paço do Lumiar, marcada para o próximo sábado (15), pode ser definida como um verdadeiro golpe contra o Regimento Interno da Casa de Leis e contra a democracia, vale lembrar que os mesmos vereadores fazem parte de um grupo que tentou afastar o prefeito Domingos Dutra, mas foram derrotados por unanimidade no TRE-MA.

Os vereadores que estão por trás do tapetão contra Dutra e agora contra Marinho, são os seguintes: Leonardo Bruno, ex presidente da casa; Fernando Muniz, candidato derrotado na eleição legitima e democrática que reconduziu Marinho ao cargo, Jorge Brito, Wellington Sousa, Miguel Ângelo, Ana Lucia e Wagner Souza.

Em entrevista a imprensa o atual presidente da casa, disse está confiante que a justiça será feita e a democracia respeitada e restabelecida por todos.
“Minha eleição foi democrática, legitima e na presença do povo, não foi constatada nenhuma fraude ou erros, tudo foi na base da transparência e legalidade. Peço em primeiro que lugar a Justiça de Deus seja feita e a nossa justiça também cumpra com seu dever de amparar o processo democrático, alem disso, agradeço o apoio da população de Paço do Lumiar e de todos que lutam por um município melhor, disse Marinho.

E ainda segundo Marinho, os vereadores querem fazer com ele o que não conseguiram fazer com o prefeito Dutra, e querem a todo custo golpear o atual presidente da casa, para colocar um deles no comando e posteriormente, pedir a cassação do atual prefeito de Paço, sabe-se que Marinho do Paço não concorda com a cassação do prefeito Domingos Dutra, por isso a raiva dos referidos parlamentares.

A eleição que aconteceu no dia 06 de Julho do ano em curso, reconduziu o presidente e teve a concordância de todos os vereadores e na presença dos mesmos, além da população, imprensa presente e dos funcionários da casa, tudo feito na maior legibilidade e sob os olhos de todos.

Nenhum comentário

Deixe aqui seu comentario: