Marcello Diaz
Afirma Temer ao chegar à Alemanha para encontro de cúpula do G20


Antes de participar, efetivamente, das reuniões da cúpula do G20, o presidente Michel Temer, ao desembarcar na madrugada desta sexta-feira, 07/07, em Hamburgo, na Alemanha concedeu uma breve entrevista aos jornalistas que estavam esperando-o em frente ao hotel em que está hospedado.

Nesse efêmero diálogo, o Presidente da República afirmou que a crise econômica no Brasil é uma ficção e que os números basilares do seu discurso confortante estão à disposição da população.

Ora, é notório que o aumento no número de pedidos de falência e recuperação judicial de empresas, o aumento do desemprego, a diminuição de renda, a diminuição dos níveis de produtividade, a redução das taxas de lucro e a redução dos níveis de investimento refletem diretamente o cenário atual do nosso país.

Presenciamos uma tenebrosa crise política. O índice de popularidade de Michel Temer gira em torno de 5% e 7%, num país com mais de 200 milhões de habitantes.

Insta observar que, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), nosso país possui 13,8 milhões de desempregados.

Por derradeiro, resta pontuarmos se, de fato, o Presidente da República está correto, ou não, ao afirmar que “não existe crise econômica no Brasil”.

Post a Comment

Deixe aqui seu comentario: